domingo, 28 de outubro de 2007

E AGORA, COM A PALAVRA, TUTORES!!!



...e foi assim, com uma idéia na cabeça e uma câmera na mão, que cheguei às tutoras conversando. Tutoras mestrandas em Educação e Tecnologia,no curso de Pedagogia a Distância, do IAVM, Rio de Janeiro. AVA/ ILOG. Aguardem os próximos capítulos e agora,no penúltimo "take", acompanhem o diálogo das tutoras.



3 comentários:

Marcio Ferreira - ICP disse...

Oi Mary Sue.
Que bom que você teve essa sacada de voltar seus olhos ao trabalho dos tutores da educação a distância.
As definições do trabalho dos tutores ainda são um tanto misturadas com o papel dos professores e não sei se isso é bom ou ruim, mas ter pessoas discutindo isso como você faz em seu blog com certeza vai contribuir para irmos elucidando e definindo o que cada um faz na educação mediada, não é?

Um beijo e bom blog para você.

Márcio Ferreira

Silvana Martinski disse...

Oi Mary, muito bom esse vídeo que você postou. O papel do tutor como co-responsável pelo processo de avaliação é fundamental. Ele deve ter o "dom" de saber se comunicar, saber "puxar a orelha" na hora certa, saber "conduzir" o aluno, se colocar no lugar do aluno... enfim ele é o protagonista do processo. Ele é a ponte entre o especialista do assunto (professor-autor) e o aluno.
Um abraço
Silvana Martinski

Valdete disse...

Olá Mary
Bom demais encontrar material tão bom e dentro da nossa "realidade", como este que vç postou em seu blog e que nos foi repassado por um Professor Tutor na Universidade Paranaense _ Unipar - Umuarama/Pr., Marcelo Minholi.
Gostaria de fazer esta reflexão:
Avaliar com diferentes olhares o processo de aprendizagem de um aluno de EAD; utilizar as mais diversas ferramentas (que por sinal nos são apavorantes por conta da "ignorância" no seu manuseio - Ex: Portifólio), entender o verdadeiro significado do Aprender a aprender, não deveria passar pela experiência do fazer? e principalmemte identificar antes de mais nada, qual o conhecimento já adquirido de nosso aluno? Digo isso porque tenho tentado trabalhar com o conceito e a prática da educação permanente em saúde, que tem conceitos diferenciados na educação e creio que temos avançado muito no processo ensino/aprendizagem porque respeitamos os saberes de cada um, bem como partimos sempre do princípio de que todos possuem conhecimentos adquiridos ao longo de sua vida, que podem se fazer somar na construção de novos saberes. Outro fator importante da Educação permanente é que traz a possibilidade de refletirmos sobre a nossa realidade, nossos problemas e assim podermos de fato identificarmos nossos agravos. Muito do que vç apresenta no vídeo irá somar aos esforços que estamos emprendendo para as mudanças que precisam ocorrer na saúde de nossa região.
Um abraço e que Deus te abençõe muito, dando sabedoria e ao mesmo tempo humilde para partilhar.
Valdete
sperandiocrtuz@yahoo.com.br