quarta-feira, 24 de outubro de 2007

TUTORES, AVALIAÇÃO E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM: VAMOS COMEÇAR PELO TUTOR?


SILVEIRA(2005): A Educação a distância mediada pelo computador, que transformou a sala de aula em um espaço virtual é um dos exemplos de era da tecnologia e dos avanços científicos.
Nesta era, a educação mostra grandes exigências no que diz respeito à qualidade, tornando a avaliação um tema muito importante.
A avaliação é um dos maiores desafios não só para a educação, como para a gestão de pessoas.
Na tutoria estão presentes estes dois aspectos: a educação como resultado final da atuação do tutor e competente gestão de pessoas para que as ativiades sejam desenvolvidas dentro dos critérios estabelecidos pela instituição.

PALLOF(2004): "Os professores que trabalham centrados nos alunos tem uma contribuição significativa a fazer para experiência da aprendizagem e os alunos querem que eles estejam presentes e envolvidos."
A ação junto ao estudante é produto da atividade planejada e executada pelo tutor, que vai desde usar linguagem adequada até a criação de um ambiente favorável para o ensinar e o aprender.
Esta preparação nem sempres é percebida pelo estudante, de forma clara, no entanto o reflexo deste trabalho é sentido em cada detalhe e fundamental para a aprendizagem do aluno.

FREIRE(1996): "A prática educativa é tudo isto: afetividade, alegria, capacidade técnica a serviço da mudança..."

4 comentários:

Neiva Cardins disse...

Mary Sue você foi muito feliz na escolha dessa frase. Esse pensamento de Paulo Freire demonstra muita afetividade no que diz respeito ao interesse, carisma, amizade, vínculo com a sua prática pedagógica e com os alunos no incentivo ao potencial, humano, crítico e político, tendo a estética e ética como vivência dessa afetividade.

Gilberto Crespo disse...

Com toda a certeza a avaliação é o grande "x" no ambiente EAD. É preciso ter muita atenção ao criar os métodos e critérios para o ambiente virtual. Paulo Freire estava inspirado ao criar a frase citada pela Profa. Mary Sue.
Abraços a todos.

Marcio Ferreira - ICP disse...

Mary Sue

Usa o blog para homenagear Luckesi, afinal num blog cabem intenções diversas e intercomplementares, não é M. Sue? Você coloca o vídeo para mandar o recado sobre seu tema principal que é a atuação dos tutores na educação mediada e propõe de modo sutil, mas claro que a avaliação possa começar pela tutoria. Argumenta um papel importante do tutor quando cita que uma prerrogativa deste profissional seja a “gestão de pessoas para que as atividades sejam desenvolvidas dentro dos critérios estabelecidos pela instituição.”
Outro blog verdinho que ainda vai dar muitos frutos.

Anônimo disse...

Mary Sue,
É impossível pensar ensino a distância, mediado por computador, sem pensar tutoria.Tivermos esta triste constatação no início de nosso curso: ficamos perdidos.
O papel do tutor não é apenas de cobrar interação dos alunos, mas de colocar uma "pimentinha" nela.
EaD pode ser medida pela qualidade quando colocamos em uma balança: com tutoria x sem tutoria.
Abs,
Cirlane - mestranda UNOPAR